Programa de Gestão de abastecimento e paisagem da Cesan chega à Conceição de Castelo

A cidade de Conceição de Castelo, no Sul do Estado receberá o Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem da Cesan. O projeto proporcionará investimentos com ações integradas para uso coordenado da água, do solo e recursos relacionados ao desenvolvimento sustentável.

Esta segunda etapa de obras com para implantação de sistemas de esgoto feita pela Cesan também vai abranger Divino de São Lourenço, na Região do Caparaó; e Marechal Floriano, também na Região Sudoeste Serrana.

O Sistema de Esgotamento Sanitário de Conceição do Castelo está localizado na sede do município, onde serão implantados 16.209 metros de rede coletora de esgoto, e realizadas 2.398 ligações de imóveis na rede. As obras, que devem ocorrer até o primeiro semestre de 2020, compreendem três elevatórias de esgoto bruto e uma Estação de Tratamento de Esgoto, com capacidade para tratar 15 litros por segundo. Os bairros abrangidos são:Zorzal, Centro, Cecília Larrieu, Arthur Soares, Pedro Rigo, Nicolau de Vargas e Silva, Itamar e Campo Verde.

De acordo com o presidente da Cesan, Pablo Andreão, serão 39 milhões de litros de esgoto tratado por mês, despoluindo os rios Castelo e Itapemirim. A população atendida diretamente será de 5.898 habitantes, alcançando o crescimento até 2033, quando a cidade terá 6.461 habitantes. A prioridade será para a mão-de-obra local, com a geração de cerca de 300 empregos diretos e indiretos.

O prefeito de Conceição do Castelo, Christiano Spadetto, afirma que esta é a maior obra de infraestrutura do município, pois a cidade não tem esgoto tratado. “Estou feliz por esta conquista e penso que, por muitas vezes, obras de saneamento que ficam ‘invisíveis’ não são consideradas. Mas o reflexo que elas trarão para as gerações futuras demonstra a importância que estamos dando à qualidade de vida e ao meio ambiente”.

O governador Paulo Hartung iniciou sua fala pedindo que sejam contratados profissionais locais para a execução da obra do Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem.

Esse investimento, que tem recursos da Cesan e do BIRD, está conectado com um conjunto de ações e medidas desenvolvidas pelo Governo do Estado para melhorar a qualidade de vida da população. O Programa de Gestão Integrada das Águas e da Paisagem tem abrangência estadual e já está com obras em andamento nos municípios de Dores do Rio Preto, Irupi, Iúna e Ibatiba.

Com informações da Secom/ES