Presidente da Desportiva é preso em operação contra tráfico de drogas

Uma operação da Polícia Federal, apreendeu mais de 250kg de cocaína, nesta quarta-feira (6) em Vila Velha. A droga, avaliada em 17 milhões de reais, estava armazenada junto a um contêiner que transportava milho e seria enviada para a Espanha. Sete pessoas foram presas, entre eles está o presidente da Desportiva Ferroviária, Edney José da Costa, que é portuário.

De acordo com o chefe da delegacia de repressão a entorpecentes da Polícia Federal, Leonardo Damasceno, a investigação começou durante o monitoramento de um indivíduo que já foi indiciado por tráfico em 2013, quando um helicóptero com mais de 400kg de cocaína, foi apreendido num sítio que fica entre as cidades de Brejetuba e Afonso Cláudio, na região de montanhas do Estado.

A Polícia acredita que Edney Costa, presidente da Desportiva, por ser portuário, tenha dado informações privilegiadas aos envolvidos no crime, o que auxiliou no carregamento.

Além de Edney, outras seis pessoas foram presas, entre elas o funcionário de um depósito do porto, quer recebeu mais de R$ 13 mil para passar informações sobre a programação do contêiner.

Durante toda a manhã, não houve movimentação na sede da Desportiva. Por nota, o clube informou que, diante do suposto envolvimento, no caso, o presidente, que tomaria posse no dia 01 de janeiro de 2018, a diretoria se decidiu pela suspensão do mesmo nas atividades do clube, até que o caso seja esclarecido. Uma reunião entre a diretoria e o Conselho Deliberativo do clube será convocada para discutir a questão, tomar medidas cabíveis e avaliar a possibilidade de novas eleições.

Os presos foram encaminhados para o Sistema Penitenciário Estadual e o flagrante encaminhado para a Justiça Federal de Vitória.

20171206_192013

Direto da Redação, com informações de Vitor Zucolotti e Polícia Federal
Record News ES / Rede SIM