Motorista tem carro recolhido após perder placa em alagamento, mas o guincho…também não tinha placa

Um motorista que trabalha para o Conselho Tutelar da Prefeitura de Viana teve o carro apreendido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) no início desta semana após trafegar com o veículo sem placa. Ele acabou perdendo o equipamento nos alagamentos da última segunda-feira (16) e foi parado pela polícia.

Quando o veículo foi recolhido, o motorista percebeu que o guincho, que presta serviço para a PRF, também estava sem placa. Indignado, ele gravou um vídeo mostrando a situação e divulgou nas redes sociais.

O prefeito de Viana, Gilson Daniel, também comentou o caso na internet. “Mais um absurdo e ato abusivo da PRF em Viana. Depois de dificultar, todos os dias, o ir e vir dos capixabas, deixando o trânsito lento na BR, com apenas meia pista liberada (deixando em dúvida até a motivação de alguns acidentes), agora, apreendem um carro do Conselho Tutelar, em trabalho nas enchentes, por falta da placa dianteira, perdida na própria BR 101, alagada. A falta da placa foi justificada pelo motorista na abordagem, que estava retornando para a Prefeitura. Eles só esqueceram de guinchar o próprio guincho deles, que também estava sem a placa dianteira. Dois pesos, duas medidas? Preocupante atitudes como essa de servidores públicos, ainda mais em dias como esse, em que estamos trabalhando para atender a nossa população”, disse.

Em resposta ao assunto, a PRF informou que foram seguidas as normas vigentes no Código de Trânsito Brasileiro e que nenhum procedimento foi realizado de forma ilegal ou irregular no caso em questão. A polícia disse também que o veículo da prefeitura estava com outras irregularidades, como falta do lacre da placa traseira, e por isso, foi recolhido.

Sobre o guincho, a PRF disse que a empresa que presta serviço para a polícia também foi autuada e que será  aberto um processo para apurar o descumprimento contratual da transportadora.

Com relação a os comentários do prefeito, a PRF disse que “quanto ao fechamento de uma das faixas da Rodovia Federal em frente à Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal, no município de Viana/ES, é em função da segurança viária, garantindo que os demais usuários da rodovia, como pedestres e ciclistas, possam transitar na faixa de pedestre de forma segura”.

Direto da Redação
Record News ES / Rede SIM