Marcos Härter se manifesta após ser expulso do BBB17

A Globo anunciou na noite desta segunda-feira (10) a expulsão do participante Marcos Hater do Big Brother Brasil. Ele foi retirado do programa após ser contatada agressão contra Emilly, com quem mantinha um relacionamento.

O caso ganhou esse desfecho após a Polícia Civil do Rio ir à casa do Big Brother Brasil, na Globo. Viviane da Costa Ferreira Pinto, delegada da Divisão de Polícia de Atendimento à Mulher, foi ao local por volta das 18h30, acompanhada por uma equipe policial para colher o depoimento de Marcos e pedir imagens da discussões entre o brother e a sister. Foi instaurando inquérito.

Emilly foi submetida a um exame clínico, por um médico da Globo, para avaliar a possibilidade de lesão corporal.

Antes da expulsão, a família do médico avisou que ele estava agindo assim por forte estresse. Nos bastidores dizem que emissora pensou em dar calmantes para rapaz no confinamento, mas desistiu da ideia.

Marcos e Emilly, que se tornaram um casal dentro do programa, protagonizaram vários barracos na atração, com direito a gritos, chacoalhões e muito sexo. As últimas brigas do casal chamaram a atenção do público, que começaram a cobrar uma postura mais enérgica da Globo, alegando que o médico estava agredindo a jovem.

A Globo chamou os dois para conversar, mas só depois da intervenção da polícia a rede resolveu agir de fato e expulsar Marcos. Expulso, ele foi para casa com a família, e está sendo assistido psicologicamente e juridicamente pela Globo.

Em sua rede social, Marcos se manifestou pela primeira vez nesta manhã. Ele disse que “jamais teve a intenção de machucar uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto”, e pediu desculpas a todos, incluindo a família de Emilly.

 Clique aqui e leia mais!

Com informações de Keyla Jimenez
Fonte: R7.com