Leitura de parecer contra Temer na Câmara deve ser em 1º de agosto

Sem conseguir votar a denúncia contra o presidente Michel Temer antes do recesso parlamentar, o governo colocou o pé no freio e não mobilizou os deputados para que o parecer aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) seja lido no plenário nesta segunda-feira (17).

Para que haja sessão, é necessário que 51 deputados marquem presença. Na última sexta-feira (14), a leitura do relatório foi adiada porque apenas 24 parlamentares estavam na Casa.

Clique aqui e leia mais!

Fonte: R7.com