Khloé Kardashian pode ter dado à luz mais cedo por conta de traição

Khloé Kardashian deu à luz a primeira filha com o jogador de basquete Tristan Thompson nesta quinta-feira (12), dois dias depois de descobrir que o marido a traiu. O nascimento, no entanto, estava previsto para acontecer apenas no fim deste mês, e a revelação da infidelidade pode ter contribuído para ele que acontecesse mais cedo.

O obstetra Dr. Edilson Ogeda, coordenador do Núcleo de Ginecologia do Hospital Samaritano de São Paulo, conversou com o R7 e afirmou que uma situação de grande estresse, como a que Khloé enfrentou, pode resultar na prematuridade, mas ressaltou que esse não é a única causa.

“O estresse pode antecipar o parto, sim, mas geralmente em situações muito extremas. Normalmente, o estresse do dia a dia não causa problemas. Podemos dizer que a taxa de prematuridade oscila em torno de 5% de todas as gestações. As principais causas de prematuridade são: infecção urinária; gemelaridade ou gestações múltiplas; infeções genitais; mal formações uterinas; entre outras”, explicou.

Clique aqui e continue lendo! 

Fonte: R7.com