Jungmann diz que milícia pode estar envolvida em morte de Marielle

O ministro extraordinário da Segurança Pública Raul Jungmann falou, nesta segunda-feira (16), que as investigações do caso Marielle apontam para o envolvimento de milícias no crime. Jungmann participou de um evento na superintendência da PRF no Rio de Janeiro, onde atendeu a imprensa.

Segundo ele, as investigações ainda não identificaram nenhuma ameaça feita à vereadora, o que faz com que as principais provas do crime sejam materiais, e não testemunhais.

Clique aqui e leia mais!

Fonte:R7.com