Incêndio florestal mata mais de 60 pessoas em Portugal

Um incêndio florestal de grandes proporções matou 61 pessoas e deixou 59 feridos em Pedrógão, região central de Portugal, neste sábado (17).

Inicialmente, as autoridades portuguesas disseram que eram 62 vítimas fatais, mas o número foi revisto. O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, disse que houve um caso de registro duplicado, mas, segundo ele, “é provável que volte a subir”.

De acordo com agências internacionais, parte das vítimas passava de carro na estrada que liga Figueiró dos Vinhos a Castanheira de Pêra quando foi surpreendida pelo fogo.

Os veículos foram atingidos pelas chamas e os ocupantes morreram carbonizadas. A tragédia com fogo já é uma das maiores do país em décadas.

Segundo o secretário de Estado da Administração Interna, Jorge Gomes, além das vítimas carbonizadas, há pessoas que morreram após inalar a forte fumaça do incêndio.

Clique aqui e leia mais!

Fonte: R7.com

COMPARTILHAR