Governo abre inscrições para o Bolsa Atleta 2017

Serão abertas as inscrições para o Bolsa Atleta Capixaba 2017, com 70 bolsas destinadas a atletas e paratletas nas modalidades olímpicas e paralímpicas, além das modalidades não olímpicas. As inscrições e entregas de documentos podem ser feitas a partir desta terça-feira (21) até o dia 5 de abril. Os documentos devem ser entregues no protocolo da Secretaria de Esportes e Lazer do Estado, em Bento Ferreira, Vitória.

O processo seletivo tem a finalidade de incentivar e apoiar atletas de alto rendimento para representar o Espírito Santo em competições oficiais, sendo que estejam em plena atividade esportiva, com reconhecidos índices e classificações em Campeonatos Nacionais e Internacionais, e que se encontrem em fase de preparação para competições.

Vale ressaltar, que os atletas deverão apresentar os resultados do ano anterior para concorrer às bolsas. Mas os atletas das modalidades olímpicas que não realizaram o pan americano em 2016, poderão apresentar o resultado do Pan de 2015.

O programa está dividido nas categorias estudantil, nacional, internacional, olímpico e paralímpico. Além disso, 15% dos recursos orçamentários destinados ao programa, irão atender as modalidades não olímpicas. Também terão direito aqueles atletas não nascidos no Estado, mas que comprovem ao menos 5 anos de residência no Espírito Santo, e os nascidos deverão apresentar comprovante de no mínimo 2 anos.

Na categoria estudantil, podem concorrer atletas e paratletas, de 13 a 20 anos de idade, que participaram dos últimos Jogos Estudantis Nacionais – escolares ou universitários – ano anterior, obtendo até a terceira colocação nas provas de modalidades individuais, ou selecionados entre os três melhores atletas destaques das modalidades coletivas, que continuem a treinar para futuras competições oficiais. O valor da bolsa é de R$ 500mensais.

Na categoria nacional, podem concorrer atletas e paratletas, a partir de 13 anos de idade, que participaram do evento máximo da temporada nacional, sendo tais competições referendadas pela confederação da respectiva modalidade como principais eventos ou que integrem o ranking nacional da modalidade, obtendo, em qualquer caso, até a terceira colocação ano anterior, e que continuem treinando para futuras competições oficiais nacionais.O valor da bolsa é de R$ 1500 mensais.

Para concorrer a categoria internacional, atletas e paratletas, a partir de 13 anos de idade, que integraram a seleção nacional de sua modalidade esportiva, representando o Brasil em campeonatos ou jogos sul-americanos, pan-americanos, parapan-americanos ou mundiais, obtendo até a terceira colocação em competições, referendadas pela confederação da respectiva modalidade como principais eventos ano anterior,  que continuem treinando para futuras competições oficiais nacionais.O valor da bolsa é de R$ 2 mil.

Já a bolsa olímpica e paralímpica, os atletas e paratletas, que tenham integrado as delegações olímpicas ou paralímpicas de sua modalidade, e obtido primeira, segunda ou terceira colocação nos Jogos Olímpicos imediatamente antecedentes ao pleito também tem direito ao benefício. O valor das bolsas é de R$ 4 mil mensais

Para o secretário Max da Mata, o Bolsa Atleta é a concretização de um sonho e o fim da espera para muitos atletas capixabas. “Os atletas estavam ansiosos para o lançamento de mais um edital, e agora podemos levar a comunidade esportiva mais esse investimento tão esperado. O Bolsa Atleta permite que atletas e paratletas de alto rendimento continuem os seus treinos e competições, e assim obtenham grandes resultados até a nível internacional”, afirmou o secretário.

Após o prazo de inscrição, a Secretaria de Estado de Esportes e Lazer (Sesport) terá um prazo de até 30 dias para a divulgação do resultado do edital. O atleta contemplado receberá o benefício da bolsa por um período de 12 meses.

COMPARTILHAR