Galeria de Arte e Casa da Cultura de Viana estão com três exposições abertas

Três exposições foram abertas na última quinta-feira (21) em Viana. A Galeria de Arte Casarão, em Viana Sede, abriu as portas para as exposições ‘Gravando o Olhar’, da artista Virgínia Collistet, e ‘Três Formas’, de Bruno Lima, além da exposição “Um Olhar além da Inclusão”, uma homenagem aos alunos atendidos pela Educação Especial na rede municipal de ensino. O objetivo, promover o ‘Setembro Verde”, movimento nacional pela luta à inclusão da pessoa com deficiência.

As fotos, produzidas pela Secretaria de Comunicação, Cultura e Turismo de Viana, em parceria com a Secretaria de Educação, Esporte e Lazer, prestam uma homenagem aos 334 alunos que são atendidos pelas escolas do município.

A artista plástica Virgíniq Collistet usa a técnica de gravura em metal, colagem, sobreposição e recorte para monta os seus painéis.Formada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), onde aprendeu e se encantou pela técnica usada, a carioca realiza pesquisa de textura e sobreposição para a confecção de seus quadros, se deixando levar pelo abstrato.

“Acredito que o abstrato te leva a outros caminhos, te leva a pensar, sentir e tocar as peças que confecciono, ela causa efeito nas pessoas”, destaca.

Virgínia já participou de exposição com grupos de gravadores e, também, sozinha. Também já realizou exposições na Europa, Estados Unidos, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. A artista plástica se diz muito surpresa com o município.

O artista Bruno Lima é capixaba e desenvolve trabalhos autorais desde 2011. Suas pelas se caracterizam pelo traço bruto, geométrico e colorido. Para esta exposição em Viana, alguns personagens da religião hinduísta são ilustrados nos quadros pintados com lápis de cor, usando a técnica de luz e sombra. As telas representam alguns simbolos do hinduísmo como o elefante e a vaca, que são animais sagrados; a ioga, como técnica milenar, e o guru, de grande respeito dentro da religião.

Setembro Verde

O mês de setembro é dedicado à pessoa com deficiência. A Secretaria de Educação, Esporte e Lazer realiza um trabalho diferenciado com essas crianças, que por meio da Educação Especial, conseguem se expressar, aprender, se comunicar apesar de suas limitações.

COMPARTILHAR