Economia de R$500 mil por ano: prefeitura corta contrato com fornecedora de lanchinhos

Em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, a prefeitura cancelou um contrato da empresa que fornecia lanches aos funcionários.

Segundo o prefeito da cidade, a medida é para cortar gastos do município. A economia chega a quase R$ 500 mil por mês.

Confira na reportagem: