Comandante-geral do Corpo de Bombeiros do Rio pede exoneração

O secretário de Defesa Civil do Estado do Rio de Janeiro e comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Ronaldo Alcântara, pediu exoneração do cargo na tarde da última terça-feira (12) após a operação que prendeu bombeiros militares envolvidos em um esquema de venda de alvarás para funcionamento de estabelecimentos comerciais, casas de espetáculos e até estádios de futebol. A informação foi confirmada pelo Palácio Guanabara, sede do governo estadual.

Clique aqui e leia mais! 

Fonte: r7.com