Agentes da Guarda usaram bigode para alertar contra câncer de próstata

Com o intuito de reforçar a importância da prevenção do câncer de próstata, mais de 20 agentes da Guarda Civil Municipal de Vitória adotaram o bigode como forma de chamar a atenção dos homens para o Novembro Azul.

Toda a preocupação dos agentes precisa ser levada em consideração: no Brasil, o câncer de próstata é o segundo que mais atinge os homens, ficando atrás apenas do câncer de pele. Segundo estimativas do Instituto Nacional de Câncer (Inca), até o final do ano, mais de 61 mil novos casos da doença devem ser diagnosticados.

“O objetivo foi incentivar a própria categoria e demais homens para fazer os exames. Como não é muito comum agentes com bigode na rua, as pessoas começaram a perguntar e nós aproveitamos para informar”, contou o agente Francismar Caloffi.

Risco

Os homens que se encontram na zona de risco são os acima de 50 anos de idade, obesos ou que tenham algum histórico da doença na família. Pesquisas também apontam que negros têm maior risco de desenvolver esse tipo de câncer e, por isso, devem recorrer aos exames mais cedo, com 45 anos. Homens com propensão genética devem recorrer ao médico já aos 40 anos.

Direto da Redação, com informações da Prefeitura de Vitória